O Paralítico de Listra

Em uma cidade chamada Listra havia um homem paralítico desde o nascimento. Ele costumava ficar sentado, pois nunca conseguira andar.

Um dia Paulo e Barnabé passaram por esse lugar. Paulo pregava o evangelho para o povo.

O homem paralítico ouviu Paulo pregar. Paulo, por sua vez, viu o paralítico olhar para ele. Então fixou os olhos nos olhos do paralítico e viu que ele tinha fé para ser curado. Isso porque a cura só acontece naquele que tem fé. Naquele que acredita nesse milagre. O paralítico acreditava.

Paulo disse ao paralítico em voz alta:
- Levanta-te direito sobre os teus pés.
Isso significa que o homem deveria ter coragem de se levantar por conta própria, não pelo auxilio de outras pessoas, como costumava fazer.
O homem então se levantou, saltou e começou a andar.

Quando a multidão viu o que Paulo fizera, gritou em língua licaônica dizendo:
- Os deuses desceram até nós em forma humana!

Chamavam Barnabé de Zeus e Paulo de Hermes, por ser Paulo o principal portador da palavra.

Conf, At (14, 7-12)

Post Footer automatically generated by wp-posturl plugin for wordpress.

Termos pesquisados sobre este artigo:

  • barnabe@labelium fr loc:BR (1)
  • cura de um paralitico em listra (1)
  • o paralitico de listra (1)
The following two tabs change content below.
Escrever, ler, estudar a Bíblia, orar pelas pessoas... É isso o que eu faço diariamente. Também vou à igreja e ouço pregações acaloradas. Estudos Bíblicos na Escola Dominical da Igreja Presbiteriana. Estudos Bíblicos com o Pastor Anderson Beiral, Mestrado em Liderança pela Andrews University. Estudos Bíblicos na Escola Dominical da Igreja Adventista do Sétimo dia de Pouso Alegre, Sul de Minas Gerais, Brasil. Também estou em Amazon.com.

Latest posts by José Guimarães e Silva (see all)

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>