Salmo 41-Bem-Aventurado Aquele que Atende ao Pobre

em Salmos

Bem-aventurado é aquele que atende ao pobre; o Senhor o livra no dia do mal.

O Senhor o livra, e o conserva em vida; será abençoado na terra, e tu não o entregarás ao desejo de seus inimigos.

O Senhor o sustentará no leito da enfermidade, e o restaurará da sua cama de doença.

Eu disse: Senhor, tem compaixão de mim; sara a minha alma, pois pequei contra ti.

Os meus inimigos falam mal de mim, dizendo: Quando morrerá ele, e perecerá o seu nome?

Se algum deles vem ver-me, diz falsidade, enquanto no coração amontoa a maldade; então sai, e disso fala aos outros.

Todos os que me odeiam murmuram à uma contra mim; contra mim imaginam o mal, dizendo: Uma má doença se lhe pegou, está deitado, não se levantará mais.

Até o meu próprio amigo íntimo, em quem eu confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.

Mas tu, ó Senhor, tem piedade de mim; levanta-me, para que eu lhes retribua.

Sei que te agradas de mim, pois o meu inimigo não triunfa sobre mim.

Tu me sustentas na minha integridade, e me colocas diante da tua face para sempre.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel, de eternidade a eternidade. Amém e amém.

Salmo 41.1-13

The following two tabs change content below.
Escrever, ler, estudar a Bíblia, orar pelas pessoas... É isso o que José Guimarães faz, diariamente. Também vai à igreja e ouve pregações acaloradas. Fez estudos bíblicos na Escola Dominical da Igreja Presbiteriana de Pouso Alegre. Também fez estudos bíblicos com o Pastor Anderson Beiral, que faz Mestrado em Liderança pela Andrews University. Fez Estudos Bíblicos na Escola Dominical da Igreja Adventista do Sétimo dia de Pouso Alegre, Sul de Minas Gerais, Brasil. E também com o Irmão Flávio. Reside atualmente em Cuiabá, Mato Grosso. José Guimarães e Silva é autor dos livros Poesias Evangélicas, Orações ao Senhor Deus e Palavras que Transformam.

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

1 comentário deixe um →

  1. AFRICA EM POESIA

    Hoje foi um dia de más recordações que eu Nunca esqueço…pois mudou muito a minha vida

    VOLTAR DE NOVO

    Hoje dia 15
    15 de Novembro
    Dia com história
    Dia com memória
    Como é mau recordar…

    Lá longe…
    O carro apareceu
    E sem piedade…
    Sobre mim voou…
    E trouxe dor…
    Dor que foi sentida…
    E que foi dorida
    Por mim… e…
    Por todos ao meu redor
    E os sonhos…
    E a vida…
    Ficaram desfeitos.
    Num pedaço de chapa
    Toda retorcida…
    E sem vida…

    Apenas comigo
    Um coração pequeno
    Quase a parar…
    E a querer continuar…

    Os anos passaram…
    A vida continuou…
    E o sofrimento ficou…

    Agora já longe
    Acordo de novo!…
    Foi bom ter ficado…
    Porque a vida…
    Depois de tanta dor…
    Começou…
    Novamente a sorrir!…

    LILI LARANJO

    Responder

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: