Nabucodonosor, Rei de Babilônia e Jeoiaquim, Rei de Judá

História bíblica sobre Nabucodonosor, Rei da Babilônia e Jeoiaquim, Rei de Judá.

A história de Daniel encontra-se na Bíblia no livro Daniel. Um jovem muito bonito e inteligente dos filhos de Israel, da linhagem real e dos nobres.

Rei Nabucodonosor da Babilônia invade o reino de Judá

A história do jovem Daniel começa assim:

Nabucodonosor, Rei de Babilônia invade o reinado de Jeoiaquim, Rei de Judá. Essa invasão acontece no terceiro ano do reinado de Jeoiaquim.

Nabucodonosor, rei de Babilônia era considerado um rei muito poderoso na época. Tinha soldados e armamentos capazes de cercar cidades e tomá-la, fazendo seus habitantes reféns.

Considere ler nosso artigo sobre o jovem Daniel e o Rei Nabucodonosor.

Então, Nabucodonosor vai a Jerusalém e a sitia (Sitiar nesta história bíblica tem o sentido de invadir, tomar, se apossar da cidade e de tudo o que nela existe. Inclusive das pessoas. Foi o que o rei invasor fez.)

Nessa época, o rei de Judá era Jeoiaquim e, talvez sem grandes problemas, exercia seu terceiro reinado. Está escrito na Bíblia que a ele o Senhor entregou todos os utensílios da casa de Deus.

Nabucodonosor, entretanto, levou uma parte desses utensílios para a terra de Sinear, onde ficava a casa de seu deus. Lá ele pôs esses utensílios junto ao tesouro do seu deus. Isso mesmo! Nabucodonosor adorava um deus, que tinha como poderoso, e ignorava o Deus verdadeiro, o Deus que conhecemos.

Explicando de outra maneira, Nabucodonosor adorava um deus que não era o Deus que tememos, ou seja, o Deus de Jeoiaquim, o Deus de Judá, Pai de Jesus. Nabucodonosor acreditava num deus a quem ele e seus seguidores prestavam cultos. Ele achava que o deus dele era o Deus verdadeiro, e o adorava e oferecia sacrifícios.

Talvez você goste de ler também O Rei Nabucodonosor e a estátua de ouro.

Esse rei mantinha homens castrados chamados eunucos, que cuidavam das donzelas e rapazes da corte. Aspenaz era o chefe dos eunucos. Era quem recebia ordens de Nabucodonosor para transmitir aos seus subordinados.

daniel-jovem-jerusalem-nabucodonosor-rei-babilonia

Nabucodonosor, Rei de Babilônia e Jeoiaquim, Rei de Judá

 

Então, certo dia, disse o rei Nabucodonosor a Aspenaz que lhe trouxesse alguns dos filhos

de Israel, de linhagem real e dos nobres.

Isto é, o rei queria somente jovens rapazes sem defeito, formosos de parecer, que fossem realmente bonitos, sábios em ciência, instruídos em toda a sabedoria e que tivessem habilidade para viver no palácio real.

Pois ele queria que esses jovens fossem instruídos nas letras e na língua dos caldeus.

O rei determinou ainda que a ração diária dos jovens fosse igual a que ele comia e bebia diariamente. Ou seja, eles seriam alimentados com o manjar do rei e do vinho que ele bebia.

Determinou que os rapazes fossem criados durante o período de três anos e, após esse tempo, apresentados a ele.

O rei Nabucodonosor agiu dessa maneira porque pensava que se os rapazes fossem alimentados da mesma comida e bebida que era servida a ele, ficariam mais fortes e mais bonitos e, sobretudo, mais inteligentes do que já eram.

Daniel 1.1-5

Leia também Três rapazes desobedecem a ordem do Rei Nabucodonosor.

Conforme escrevemos sempre que começamos um assunto aqui no blog Contos Bíblicos, este post traz apenas cinco versículos do primeiro capítulo do livro Daniel, que você encontra na Bíblia Sagrada, na página 734 (Edição Contemporânea).

Todavia, continuaremos essa história em postagens futuras dos Contos e Estudos Bíblicos, entre outros assuntos que publicaremos, sempre com links apontado para os posts anteriores. Este é o nosso primeiro artigo sobre o jovem Daniel, do livro de Daniel.

Glossário

Eunuco – Substantivo masculino
1. Homem castrado que, no Oriente, era guarda dos haréns. A função desses homens era proteger as mulheres do rei. Por serem castrados, não se envolviam com as mulheres do monarca.
2. Fig. Homem impotente ou fraco.

Sitiar – Verbo transitivo direto
1. Pôr sítio a, cercar, assediar.
2. Por ext. Cercar, rodear, assediar.

Fonte: Dicionário Aurélio. 

Muito obrigado por assinar feed Contos Bíblicos.

Que Deus o ilumine e o ajude a compreender ainda mais sua Palavra.

José Guimarães e Silva

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

Leave a comment

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE