Os Vícios do Homem – Reflexão sobre o uso de drogas lícitas e ilícitas

em Artigos

Reflexão sobre o uso de drogas, principalmente as chamadas de lícitas, nas festas familiares.

Aflições dos pais

Os pais que se afligem por ver os filhos viciados em drogas e outros alucinógenos prejudiciais à saúde, deveriam se lembrar de corrigir também suas atitudes, nos acontecimentos sociais.

Pois sabemos que antes do nascimento a criança já é influenciada nas bebidas consideradas sociais, por serem suas vendas permitidas em todos os estabelecimentos comerciais que tenham alvará de permissão para tal comércio.

Assim sendo, no chá de bebê a criança na barriga da mãe já presencia o rumor de pessoas alegres e sorridentes, influenciadas pelo efeito do álcool, e potencializadas pela nicotina existente no cigarro dos fumantes presentes.

A criança nasce, muitas vezes diante de comemorações festivas, enriquecidas de bebidas alcoólicas e outros aditivos que as tornam mais potentes e de efeitos mais rápidos e duradouros.

Vem o batizado e mais festas, sempre recheadas de bebidas e outros ingredientes ainda mais fortes nem sempre benéficos. Isso porque o homem e a mulher têm necessidade cada vez mais urgente de aumentar seu prazer consumindo bebidas que as levem ao delírio. Infelizmente.

Pais brigam e se separam

Com isso, se afastam de Deus e ficam entregues ao inimigo, que faz deles o que bem quiser. Casais se separam e brigam pela guarda dos filhos. Estes ficam sem saber a quem apoiar. Ou seja, os filhos ficam indecisos e sem condição de escolha.

Pais separados, filhos separados, escreve Cris Poli em seu livro sobre educação familiar.

vícios do homem bebidas, cigarros, drogas

Crianças imitam os pais

Chega a adolescência, e a criança que cresceu em meio a festas sai à procura de outras festas, dessa vez em companhia de amigos e amigas da mesma idade, e encontra pessoas que ganham dinheiro por lhes vender drogas alucinantes, que os levem a mundos muito loucos, nunca nem de perto imaginados pelos seus pais. Com isso eles se sentem alegres e progressivos em suas investidas no mundo negro do afastamento do reino de Deus.

Reação dos pais

Os pais, quando descobrem que o filho anda envolvido com traficantes, procuram ajuda, desesperados, muitas vezes de pessoas despreparadas. Com isso, em vez de ajudar, podem inclusive partir para a agressão contra o filho, complicando ainda mais a situação.

Ajuda de Deus

Muitos procuram a ajuda de Deus e pedem a Ele que restabeleça a saúde de seu filho. Deus atende as suas orações e o filho volta ao convívio familiar, livre das drogas ditas pesadas, que destroem o organismo humano e alteram o comportamento de qualquer pessoa. Jovem ou madura.

Porém, infelizmente, permanece nas festas familiares, regadas a bebidas e cigarros, e se sente tentado a experimentar de novo, só um pouquinho. Muitos ainda dizem: “Um tantinho de nada não faz mal”. Ele entra no embalo e gosta. Logo mais, parte para outras drogas mais fortes (de novo”). Sim, porque as oferecidas pelos familiares são fracas demais.

Os filhos muitas vezes dizem: “Meus pais bebem, mas não sabem do que eu sei”. Isso porque julgam saber de outras “coisitas” mais que os levem ao “céu” do delírio. Não ao céu do mundo de Deus.

Encontra os amigos

Aí, volta ao encontro dos amigos, daqueles amigos que deixou de visitar… Epa! Já falamos disso, não? Sim! No começo dessa história.

Por que escrevo esse artigo?

Escrevo esse artigo, hoje, como uma reflexão, porque me lembrei logo cedo do semblante triste de um rapaz que morreu numa tarde de domingo, após passar várias horas no bar do prédio em que morava, num bairro central de São Paulo.

Eu conheci esse rapaz e conversava muito com ele. Naquela época, no entanto, eu não tinha nenhum conhecimento da Palavra de Deus. Pois, apesar de saber que a Bíblia Sagrada existe, não tinha coragem de abri-la e ler um versículo que fosse. Seria como se fosse contaminado por um vírus que me prendesse de vez e não me libertasse jamais.

Voltando ao rapaz, tristemente soubemos que:

O laudo médico dele foi OVERDOSE.

Isto é, bebida misturada com droga em altíssima quantidade. Tanta que o corpo da pessoa não consegue assimilar a mudança brusca. Os órgãos vitais simplesmente param de funcionar. Isso é triste, muito triste. Porém, acontece em muitas famílias.

Medite nesse texto e Fique com a Paz de Jesus.

Você já conheceu alguém que morreu de overdose? Escreva sua opinião nos comentários.

Divulgue nosso blog Contos e Estudos Bíblicos nas redes sociais.
Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Considere também curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

Que Deus o ilumine e o ajude a compreender ainda mais sua Palavra.

José Guimarães

Crédito da imagem: http://www.flickr.com/photos/hikingartist/

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

Postado por
Tags:

1 comentário deixe um →

  1. Os Vícios do Homem: Reflexão sobre o uso de drogas ditas lícitas nas festas familiares

    Os pais que se afligem po http://bit.ly/m0MH4f

    Responder

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: