Palavras do Livro Provérbios Capítulo 18

em Contos Bíblicos

Palavras do Livro Provérbio, capítulo 18

O que vive isolado busca seu próprio desejo; insurge-se contra a verdadeira sabedoria.

O tolo não toma prazer no entendimento, senão em revelar o seu coração.

Vindo o ímpio, vem também o desprezo, e com a vergonha vem a desgraça.

Águas profundas são as palavras da boca do homem, mas ribeiro transbordante é a fonte da sabedoria.

Não é bom ter respeito à pessoa do ímpio, nem privar da justiça o inocente.

Os lábios do tolo entram em contenda, e a sua boca clama por açoites.

A boca do tolo é a sua própria destruição, e os seus lábios um laço para a sua alma.

As palavras do mexeriqueiro são como doces bocados; penetram até o íntimo do homem.

O negligente na sua obra é irmão do destruidor.

Torre forte é o nome do Senhor; para ela corre o justo e está seguro.

Provérbios 18.1-10

Leia também:

  1. Kleber Lucas Deus Cuida de Mim
  2. Rose Nascimento – Sempre Fiel
  3. Aline Barros – Recomeçar – Homenagem a Isabela Nardoni
  4. Vanilda Bordieri – Após o Arrebatamento
  5. Kleber Lucas – Vou seguir com fé
  6. Milagre do Profeta Eliseu – A morte dos homens estava na panela
  7. Livros da Bíblia que mostram o nome de Jó
  8. A jovem Maria visita Isabel
  9. O anjo do Senhor anuncia a Maria o nascimento de Jesus
  10. O anjo do Senhor castiga Zacarias por duvidar das palavras dele

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

Leave a comment

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: