Diferenças entre o Rio Tibre e Rio Tigre

Publicamos este artigo no blog Contos e Estudos Bíblicos com o objetivo de mostrar as diferenças entre o Rio Tibre e o Rio Tigre.

A Diferença entre o Rio Tibre e o Rio Tigre

Este artigo servirá de base à postagens futuras. O Rio Tigre aparece com frequência no primeiro livro da Bíblia Sagrada. Ou seja, mais precisamente, no livro de Gênesis.

Muitos alunos do curso médio confundem, quando estudam História Geral, o nome dos rios Tibre e Tigre.

Quando a prova é de múltipla escolha e aparecem alternativas com o nome dos dois rios, então, a situação se complica ainda mais.

Vamos agora estudar a localização de cada um desses rios. Quem sabe isso o ajude a esclarecer alguma dúvida sobre eles.

Rio Tibre

O rio Tibre fica na Itália. Nasce nos Apeninos. Depois corre na direção sul do país. Atravessa a Úmbria. Continua seu percurso até ganhar a direção do Lácio.

A Úmbria (Umbria em italiano) é uma região central com 8456 Km². Sua capital é Perugia ou Perúsia. Faz fronteiras com a Toscana (a oeste), as Marcas (a leste) e com o Lácio (ao sul). É composta das seguintes províncias: Perugia ou Perúsia e Terni.

O nome Lácio se deriva do latim Latium. Em italiano, Lazio. É uma região central da Itália com 17.203 Km². Sua capital é Roma. Ao norte limita-se com a Toscana e Úmbria. A leste com Marche, Abruzzo e Molise. Ao oeste com o Mar Tirreno. E ao sul com a Campânia. Tem cinco milhões de habitantes.

O Rio Tibre segue seu trajeto até desembocar no Mar Tirreno. Esse mar fica perto de Roma, capital da Itália. Só que nessa região ele se divide em dois rios. Isto é, forma um delta que beneficia ainda mais a população ribeirinha.

Então, para facilitar seu aprendizado, lembre-se de que o Rio Tibre é o que passa pela cidade de Roma. Ou seja, pela Itália.

Vamos agora estudar o Rio Tigre.

 

Rio Tigre

O Rio Tigre se localiza no sudoeste da Ásia. Nasce na Turquia e atravessa o Iraque. Segue seu curso até desembocar no Golfo Pérsico.

O Rio Tigre aparece muito na Bíblia e também nos compêndios de História Geral, em parelha com o Rio Eufrates. Falaremos do Rio Eufrates mais tarde, porque o citaremos em vários estudos bíblicos.

O Rio Tigre tem 1.850 quilômetros de extensão. Ele é formado por dois pequenos rios que vêm do planalto da Anatólia.

Esses pequenos rios formam uma confluência em formato de um til (~). E correm os dois juntos na direção sudeste banhando o Iraque.

O Rio Tigre possui vários afluentes. Porém, os principais são: o Pequeno Zab, o Grande Zab, o Diyala e Adhaim.

 

diferenca-entre-rio-tibre-rio-tigre

A Diferença entre o Rio Tibre e o Rio Tigre

 Imagem meramente ilustrativa

Rio Eufrates

O Rio Eufrates se origina na região leste da Turquia. Atravessa a Síria e o Iraque e se une ao Rio Tigre, no Chate Alárabe. E desemboca no Golfo Pérsico.

O Rio Eufrates é o mais longo e também historicamente o mais importante da Ásia Ocidental. Ele resulta da confluência do Kara Su ou Eufrates Ocidental (450 km) e o Murat Su ou Eufrates Oriental (650 km). Isso acontece 10 km rio acima da cidade de Keban no sudeste da Turquia.

Segundo Daoudy e Frenken, o comprimento do Rio Eufrates (contando do Rio Murat até a confluência com o Rio Tigre) é de 3000 km. Sendo que 1230 Km ficam na Turquia, 710 km na Síria e 1060 km no Iraque.

A União do Rio Tigre com o Rio Eufrates

O Rio Tigre se une ao Rio Eufrates e os dois juntos formam o Rio Shatt-al-Arabe. A partir daí, banha as cidades de Diyarbakir, na Turquia; Mossul, Tikrit, Samarra e Bagdá, no Iraque.

Ao longo de quase todo o seu percurso é navegável para certos tipos de embarcações. O que proporciona à população local um excelente meio de transporte de pessoas e cargas. Sem falar nos outros benefícios, tais como a irrigação da terra e a proliferação de peixes, aves e animais ribeirinhos. Afinal, a água é fonte natural de vida. Sem ela nenhum ser vivo consegue sobreviver.

Al-Azirah é a região em que ficava a antiga Mesopotâmia. É hoje a maior parte da região compreendida entre os Rios Tigre e Eufrates.

Encontram-se nas margens do Rio Tigre as ruínas da antiga cidade Nínive; da Selência do Tigre e de Ctesifonte.

No entanto, os homens desviaram suas águas para a depressão de Tharthar, para a construção da Usina de Samarra.

Todavia, explicam que esse desvio preveniu o risco de inundação e elevou o nível da corrente.

Conclusão

Se você tinha dúvida quanto ao nome e localização dos Rios Tibre e Tigre, agora é hora de tirá-las definitivamente da cabeça.

O Rio Tibre é italiano e corre na região central da cidade. Banha Roma e desemboca no Mar Tirreno.

O Rio Tigre é asiático. Banha a Turquia, o Iraque e desemboca no Golfo Pérsico.

É isso.

Contos e Estudos Bíblicos

Receba posts do blog Contos e Estudos Bíblicos em seu e-mail.

Siga o blog Contos e Estudos Bíblicos no Twitter.

Curta a página de fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

José Guimarães e Silva

The following two tabs change content below.
Escrever, ler, estudar a Bíblia, orar pelas pessoas... É isso o que José Guimarães e Silva faz questão da fazer, diariamente. Também ir às igrejas e ouvir pregações acaloradas. Louvar o nome do Senhor Jesus. Fez estudos bíblicos na Escola Dominical da Igreja Presbiteriana de Pouso Alegre. Também fez estudos bíblicos com o Pastor Anderson Beiral, que faz Mestrado em Liderança pela Andrews University. E também com o Irmão Flávio. Reside atualmente em Cuiabá, Mato Grosso. José Guimarães e Silva é autor dos seguintes livros: Poesias Evangélicas, Orações ao Senhor Deus e Palavras que Transformam. Meu lema é: Quem não vive para servir, não serve para viver. O Senhor é o meu Pastor, nada me faltará.

Latest posts by José Guimarães e Silva (see all)

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

1 comentário deixe um →

  1. ADILSON FELIX CAMARGO

    Nos anos 1960s, em S.Paulo/SP, frequentei durante 04 anos, o Comercial Básico, um curso prático, de todas as matérias (de tudo um pouco), porém não bem nos qualificava ao ingresso nas faculdades futuras, pois para tal, bom seria cursar o Ginásio. E, em História Geral, o nosso prof. Antonio Di Vergillis, nos ensinou a existência dos rios de Tibre e Eufrates, jamais citou o rio Tigre. Os anos se passaram, e agora, com esta matéria, noto que ele, infelizmente, chamava de Tibre (com B) o que na verdade, se chamava Tigre (com G). Sou grato, por este espaço.

    Responder

Leave a comment