Poesia Evangélica – Livra-Me, Senhor Jesus

Poesia evangélica bíblicaLivra-me Senhor Jesus“, escrita por José Guimarães. Poesia que pede ao Filho de Deus unigênito para que nos livre das tentações diárias. São tantas as tentações que os jovens nelas se perdem.

Introdução

Ainda ontem a grande mídia se ocupava com reportagens sobre o fim do mundo. Se estudassem a Bíblia saberiam que o Senhor Deus, Todo-Poderoso, Criador dos céus e da terra, já disse que o mundo não acabará de maneira abrupta.

“Então me lembrarei da minha aliança, que está entre mim e vós, e entre toda a alma vivente de toda a carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio para destruir toda a carne” (Gênesis 9.15).

“E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;

Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.

E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.

Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.

Mas todas estas coisas são o princípio de dores.”

Mateus 24.3-8

O mundo não acabará hoje, conforme quem quer que seja tenha prevenido. Que os homens incrédulos brinquem, comemorem, zombem, como queiram. Nós, no entanto, que conhecemos a palavra de Deus, temos ciência de que um dia o Senhor Jesus virá.

E, como está escrito numa conhecida oração cristã, julgará os vivos e os mortos. Preparemo-nos para a vinda do Senhor Jesus.

Poesia evangélica – Livra-me Senhor Jesus

Poesia evangélica - Livra-me Senhor Jesus

Após a introdução bíblica, vamos à poesia:

Livra-me, Senhor Jesus

Livra-me, Senhor Jesus
De todas as maldades que os ímpios homens
Preparam para eu nos meus negócios fracassar
Proteja-me de todas as armadilhas que meus falsos amigos
Ardilosamente mascaram em contratos fraudulentos para me apanhar
Como um peixe inocente e desavisado que cai na rede e se debate
Inutilmente, na luta pela sobrevivência, sem nenhuma chance de escapar
Ou como um pássaro que é atraído com comida ao invisível adesivo e, logo após, grudado na árvore
Fica impossibilitado de voar e treme de medo ao ver o impiedoso passarinheiro dele se aproximar

Livra-me, Senhor Jesus
Eu sou muito fraco, desprotegido e tenho medo de enfrentar o mundo sozinho
Preciso, portanto, de sua força para lutar nas árduas batalhas da vida
Ando perturbado com os obstáculos que encontro em meu caminho
Sei que é difícil caminhar entre pessoas lascivas que me levam à perdição
Sem me influenciar com as maravilhas que contam das aventuras perigosas
Que os homens perdidos incentivam os jovens inocentes a participar
Mas depois que esses jovens se predem nas amarras das tramas maldosas
Ficam sem força para se livrar das cordas, de ganhar força e de se libertar

Poesia Bíblica: Livra-me, Senhor Jesus

Autor: José Guimarães

poesia evangélica livrame Senhor Jesus

Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Considere curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

José Guimarães e Silva

José Guimarães e Silva é autor dos livros: Poesias Evangélicas, Orações ao Senhor Deus e Palavras que Transformam.

O Senhor é o meu Pastor, nada me faltará.

2 thoughts to “Poesia Evangélica – Livra-Me, Senhor Jesus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *