Salmo 119 – De Noite Me Lembro do Teu Nome, ó Senhor

Salmo 119 – Segunda parte – De noite eu me lembro do teu nome, ó Senhor, e observarei a tua lei.

Publicamos este post com a segunda parte dos Salmos 119. A primeira parte foi publicada no post Salmos 119 – Bem-aventurados os que trilham caminhos retos.

Grande indignação se apodera de mim por causa dos ímpios, que abandonam a tua lei.

Os teus decretos são o tema dos meus cânticos, no lugar das minhas peregrinações.

De noite me lembro do teu nome, ó Senhor, e observarei a tua lei.

Isto tem sido o que faço; guardo os teus preceitos.

O Senhor é a minha porção; eu disse que observaria as tuas palavras.

Implorei deveras o teu favor de todo o meu coração; tem piedade de mim, segundo a tua promessa.

Considerei os meus caminhos, e voltei os meus passos para os teus estatutos.

Apressar-me-ei, e não me deterei, a observar os teus mandamentos.

Embora os ímpios me enleiem com laços, não me esquecerei da tua lei.

À meia-noite me levanto para te dar graças, por causa das tuas justas leis.

Companheiro sou de todos os que te temem, e dos que guardam os teus preceitos.

A terra, ó Senhor, está cheia do teu amor, ensina-me os teus decretos.

Faze bem ao teu servo, ó Senhor, segundo a tua palavra.

Ensina-me bom juízo e conhecimento, pois creio nos teus mandamentos.

Antes de ser afligido andava errado, mas agora guardo a tua palavra.

Tu és bom e fazes o bem; ensina-me os teus decretos.

Embora os soberbos tenham forjado mentiras contra mim, de todo o coração guardo os teus preceitos.

Seus corações são insensíveis, como se fossem de sebo, mas eu me deleito na tua lei.

Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus decretos.

Mais preciosa é para mim a lei da tua boca do que milhares de moedas de ouro e de prata.

salmo 119 de noite eu me lembro

As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me inteligência para aprender os teus mandamentos.

Os que te temem alegram-se quando me veem, pois espero na tua palavra.

Bem sei, ó Senhor, que as tuas leis são justas, e que em tua fidelidade me afligiste.

Sirva o teu constante amor para me consolar, segundo a promessa que deste ao teu servo.

Venham sobre mim a tua compaixão, para que viva, pois a tua lei é o meu deleite.

Confundam-se os soberbos por me tratarem de uma maneira perversa e sem causa; mas eu meditarei nos teus preceitos.

Voltem-se para mim os que te temem, os que conhecem os teus estatutos.

Seja reto o meu coração para com os teus decretos, para que eu não seja envergonhado.

Desfalece a minha alma, aguardando a tua salvação, mas espero na tua palavra.

Os meus olhos desfalecem, esperando por tua promessa; eu digo: Quando me consolarás?

Embora eu seja como um odre na fumaça, não me esqueço dos teus decretos.

Quantos dias deve esperar o teu servo? Quando punirás os que me perseguem?

Os soberbos abrem covas para mim, contrários à tua lei.

Todos os teus mandamentos são fieis; ajuda-me, pois sou perseguido sem causa.

Quase me exterminaram de sobre a terra, mas não deixei os teus preceitos.

Preserva a minha vida segundo o teu amor, e guardarei aos estatutos da tua boca.

Ó Senhor, a tua palavra é eterna; ela está firmada no céu.

A tua fidelidade estende-se de geração em geração; tu firmaste a terra, e firme permanece.

Conforme o que ordenaste, tudo se mantém até hoje, pois todas as coisas te obedecem.

Se a tua lei não fora o meu deleite, há muito que teria perecido na minha angustia.

Jamais me esquecerei dos teus preceitos, pois por eles me tens preservado a vida.

Sou teu, salva-me; busquei os teus preceitos.

Os ímpios me esperam para me destruírem, mas atentarei para os teus estatutos.

A toda perfeição vejo limite; mas os teus mandamentos são ilimitados.

Os teus mandamentos me fazem mais sábio do que os meus inimigos, pois estão sempre comigo.

frases bíblicas salmo 119

Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, pois medito nos teus estatutos.

Sou mais prudente do que os velhos, pois guardo os teus preceitos.

Desviei os meus pés de todo o caminho mau, para observar a tua palavra.

Não me apartei das tuas leis, pois tu mesmo me ensinaste.

Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca.

Dos teus preceitos alcanço entendimento; pelo que aborreço todo caminho errado.

Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.

Fiz um juramento e o confirmei, que hei de guardar as tuas justas leis.

Estou aflitíssimo; preserva a minha vida, ó Senhor, segundo a tua palavra.

Aceita, ó Senhor, as oferendas voluntárias da minha boca, e ensina-me as tuas leis.

Embora eu tome a minha alma de contínuo nas minhas mãos, não me esquecerei da tua lei.

Os ímpios me armaram laço, mas não me desviei dos teus preceitos.

Salmo 119.53-110

O Salmo 119 é bastante longo. Mas, uma maneira que encontrei para aprender suas palavras foi gravar metade dele no celular. Mais ou menos dez minutos. Ligar o celular quando deitado, antes de dormir, e ouvir a mensagem edificante. Eu me sinto bem fazendo isso. Sinto o corpo fortificado.

Experimente fazer assim também. Caso lhe seja difícil, peça a alguém que leia em voz alta diante do celular. Grave alguns versículos. Além de evangelizar essa pessoa, você ainda terá uma mensagem para ler diariamente.

Fique com a Paz de Jesus.

José Guimarães

Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

José Guimarães e Silva

José Guimarães e Silva é autor dos livros: Poesias Evangélicas, Orações ao Senhor Deus e Palavras que Transformam.

O Senhor é o meu Pastor, nada me faltará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *