Jesus e Nicodemos conversam sobre nascer de novo

Há uma passagem no livro de São João em que Jesus e Nicodemos conversam sobre nascer de novo. O que significa nascer de novo? 

A Bíblia diz que havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos.

Jesus e Nicodemos

Jesus Nicodemos conversam

Nicodemos é um nome grego que significa “homem do povo”.

Ele era, portanto, um homem bem simples, humilde, e tinha medo de se aproximar de Jesus e de conversar com Ele, embora tivesse oportunidade de fazer isso.

Nicodemos era um dos principais dos judeus.

Aconteceu, um dia, que Nicodemos foi ao lugar em que Jesus estava e lhe disse:

— Rabi, sabemos que és Mestre, vindo de Deus. Pois ninguém poderia fazer estes sinais miraculosos que tu fazes, se Deus não fosse com ele.

Jesus respondeu:

— Em verdade, em verdade te digo que quem não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

O fato de Jesus dizer “quem não nascer de novo” despertou em Nicodemos o interesse de ele saber como aconteceria isso.

Aliás, muitas pessoas, hoje em dia, ficam sem entender também, quando leem a Bíblia e não pedem explicação a alguém. Isso acontecia comigo, tempos atrás.

Hoje eu sei que “nascer de novo”, conforme Jesus disse, significa entrar na água, morrer para o pecado e nascer para a glória. Isso é o que acontece no batismo, quando uma pessoa decide aceitar a Jesus e ser batizada.

A Bíblia nos ensina também que Jesus disse certa vez: “Todos os que crerem e forem batizados serão salvos”.

Voltando à história, por não entender o significado de “nascer de novo”, Nicodemos perguntou a Jesus:

— Como pode um homem nascer, sendo velho? Poderá voltar ao ventre da sua mãe, e nascer?

Jesus respondeu:

— Em verdade, em verdade, te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

Talvez essa explicação tenha confundido ainda mais o judeu, por não saber o significado de “nascer da água”.

Jesus continuou Sua explicação:

— O que é nascido da carne, é carne, mas o que é nascido do Espírito, é espírito.

Nicodemos deve ter ficado mais confuso do que já estava. Afinal, Jesus conversava com ele explicando de maneira que podemos dizer assim, metafórica.

Jesus, então, prosseguiu:

― Não te maravilhes de eu te dizer: Necessário vos é nascer de novo.

Sim, Nicodemos devia sentir alegria ao ouvir isso. Mas ele talvez não sentisse porque não entendesse. Assim como muitas pessoas ainda não entendem hoje em dia.

Disse-lhe Jesus:

― O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim é todo aquele que é nascido do Espírito.

Nicodemos perguntou:

― Como pode ser isso?

Jesus respondeu:

― Tu és mestre em Israel, e não compreendes estas coisas?

“Em verdade, em verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos do que vimos; contudo, não aceitais o nosso testemunho.

“Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, com crereis, se vos falar das coisas celestiais?”

Com certeza, aqueles homens ouviam Jesus falar, acompanhavam-no para onde quer que Ele fosse, mas não acreditavam no que Ele dizia. E, quando acreditavam, não faziam o que Ele lhes dizia.

Aqueles homens não acreditavam que Jesus era o Filho unigênito de Deus. Sendo assim, jamais acreditariam naquilo que Ele falava a respeito dos Céus.

Por exemplo, quando Ele disse, antes de Moisés eu sou. Antes da criação do mundo eu sou. E deixou o povo mais confuso ainda. Afinal, como alguém que vivesse milhares de anos antes poderia estar ali entre eles?

Jesus nascer novo reino céus

Jesus, contudo, explicou a Nicodemos:

― Ninguém subiu ao Céu, senão o que desceu do Céu ― o Filho do homem [que está no Céu].

“Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, da mesma forma importa que o Filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê tenha a vida eterna.”

Nessa passagem bíblia a qual Jesus se refere, Moisés foi orientado por Deus a fazer uma serpente de bronze e erguê-la num poste, de modo que todos os que olhassem para ela fossem curados, logo após serem mordidos pelas cobras.

  • Você já conhece a arrepiante história A Serpente de bronze, na Bíblia, livro de Êxodo, Velho Testamento?

[Será que algum dia algum maluco de Hollywood, rsrs!, vai fazer um filme tão louco assim, que mostre essas cenas arrepiantes e horripilantes?]

Bem, isso tudo aconteceu ao povo como castigo, por ter desgostado o Senhor Deus. Esse fato nos mostra que Deus castiga, sim.

Pois bem, nós hoje em dia devemos olhar para Jesus, como nosso Salvador.

Jesus continuou sua explicação a Nicodemos:

― Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

“Porque Deus enviou Seu Filho ao mundo, não para que conhecesse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele.

Isso seria assim dizer algo como: Jesus não veio ao mundo para passear, para fazer turismo nem para conhecer as maravilhas do mundo, mas, sim, para salvar o mundo.

Todos os seres da Terra deveriam olhar para Jesus. Crer nele. Crer também em Deus, o Pai, que o enviou. E serem salvos.

Jesus prosseguiu Sua explicação:

― Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no Nome do unigênito Filho de Deus.

Note que só existe para cada um de nós uma única condição: Crer ou não crer. Quem crê não é condenado. Mas quem não crer já está condenado. Não dá, portanto, para crer numa hora e não crer em outra. Crer que Jesus é Filho de Deus, que cura doenças, faz milagres, mas não crer que Ele castiga, por exemplo.

Jesus explica qual é a condenação:

― A condenação é esta: A luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz porque as obras deles eram más.

“Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas.

“Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz, a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.”

É claro que quem não anda na luz anda nas trevas, porque nas trevas eles podem fazer o que bem quiserem, para estragarem as obras de Deus, sem serem vistos. Só que, pelos homens, porque por Deus eles são vistos, sim.

Todos nós temos o direito de crer ou não crer em Jesus, porque Deus nos deu o livre arbítrio. Podemos entrar numa boate e fazer tudo lá dentro de modo que não sejamos vistos por ninguém de nossa família ou podemos entrar numa igreja e louvar o nome de Deus.

Crer ou não crer. Fazer ou não fazer. “Ser ou não ser, eis a questão” (To be or not to be, that is the question) famosa frase da peça A Tragédia de Hamlet, príncipe da Dinamarca, do escritor inglês William Shakespeare.

João 3:1-21

Além dessa passagem bíblica, encontramos o nome de Nicodemos nos capítulos 7 e 19 do livro de João. Vejamos:

Jamais alguém falou como Jesus

“Finalmente, os guardas voltaram à presença dos principais sacerdotes e fariseus, os quais perguntaram: Por que não o trouxestes?

“Responderam os guardas: Jamais alguém falou como este homem.

“Replicaram os fariseus: Também fostes enganados?

“Creu nele algum dos chefes ou dos fariseus?

“Mas esta plebe, que nada sabe a respeito da lei, é maldita.

Nicodemos, um deles, que de noite fora ter com Jesus, perguntou:

“Condena a nossa lei alguém sem primeiro ouvi-lo para descobrir o que faz?

Responderam eles: És tu também da Galileia? Examina, e verás que da Galileia não surge profeta.

“Então cada um foi para sua casa.”

João 7:45-53

O sepultamento de Jesus

“Depois disto, José de Arimateia, que era discípulo de Jesus, mas em oculto, por temer os judeus, pediu a Pilatos que lhe permitisse tirar o corpo de Jesus. Com a permissão de Pilatos, ele foi e tirou o corpo de Jesus,

“Foi também Nicodemos, aquele que anteriormente se dirigira de noite a Jesus, levando quase cem libras de uma mistura de mirra e aloés.”

João 19:38,39 

Contos e Estudos Bíblicos

Receba posts do blog Contos e Estudos Bíblicos em seu e-mail.

Siga o blog Contos e Estudos Bíblicos no Twitter.

Curta a página de fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

José Guimarães e Silva

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

Leave a comment

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: