A Tentação de Jesus – O Diabo tenta convencer Jesus a pecar

A Tentação de Jesus. História conflitante da Bíblia em que o Diabo aparece diante do filho de Deus, com o objetivo de levá-lo ao pecado.

Este artigo foi publicado inicialmente no dia 28 de janeiro de 2009.

Essa história bíblica parece conflitante porque o demônio sabe que não consegue convencer o filho de Deus, mas mesmo assim tenta-o oferecendo-lhe reinos que não é dele.

Tal prática acontece nos dias de hoje com todos nós, por isso devemos ficar sempre atentos a não cair em tentação, pois ela existe e se aproxima de nós, pegando de improviso sempre os incautos.

A Tentação de Jesus

Após o batismo, estando com o corpo cheio do Espírito Santo, Jesus saiu do rio Jordão e andou com destino a Galileia. Mas foi conduzido pelo Espírito Santo ao deserto, a fim de ser tentado pelo Diabo.

Antes disso, Jesus jejuava durante quarenta dias e quarenta noites seguidos. Estava, portanto, com muita fome. Seria o momento propício para ser tentado por um espírito maligno.

Então, o Diabo se aproximou dEle e lhe disse, com ar de indiferença:

— Se és Filho de Deus, ordena a estas pedras que se transformem em pães.

A Tentação de Jesus no deserto

A Tentação de Jesus no deserto

Ele disse isso porque sabia que Jesus estava com muita fome. Qualquer pessoa seria tentado a obedecer a ordem dele transformando de fato a pedra em pão e matando de imediato a fome que atormenta o estômago. Qualquer um, menos Jesus. Pois o Mestre o que fez? Apenas usou as palavras da Bíblia e respondeu:

Está escrito, Satanás

— Está escrito, Satanás: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que procede da boca de Deus”.

O Diabo ouviu isso, mas não se contentou. Pensando fazer o Mestre cair em tentação, levou-O à cidade santa e o colocou sobre a parte mais alta do templo e lhe disse:

— Se és Filho de Deus, atira-te daqui para abaixo, pois está escrito: “Aos seus anjos dará ordens a teu respeito e eles te protegerão em suas mãos, para que não tropeces em nenhuma pedra”.

O Diabo também usou as palavras da Bíblia para dizer isso. Com isso ele mostra que conhece também a palavra de Deus. Só que Jesus não entrou na dele.

Jesus imediatamente lhe respondeu:

— Também está escrito: “Não tentarás o Senhor teu Deus”.

Mas o Diabo era persistente e por isso não desistia. Levou Jesus para o monte mais alto e, num relance, mostrou-lhE todos os reinos do mundo.
Depois disse a Jesus:

— Dar-te-ei toda a autoridade e a glória desses reinos, porque me foram entregues, e as dou a quem quiser.

Note que o Diabo agiu como se os reinos da terra fossem dele. Esse fato mostra que devemos ficar esperto com o inimigo. Pois ele mostra que tem poder entre os povos do mundo em que vivemos. É por isso que devemos seguir os caminhos do Senhor Jesus.

Continuando a história bíblica, o Diabo quis explicar que ele só faria isso na seguinte condição:

— Se prostrado, me adorares.

Veja só a petulância. Ele queria que Jesus se ajoelhasse diante dele e o adorasse como se fosse um deus. Mas tanto Jesus sabia como nós também sabemos que Deus só existe um: o Todo-Poderoso, Criador do Universo.

Só existe um Deus

Jesus, com raiva, lhe ordenou:

— Retira-te, Satanás! Porque está escrito: “Ao Senhor teu Deus adorarás e só a Ele servirás”.

Depois dessa bronca o Diabo por fim deixou Jesus em paz e seguiu seu caminho.

Vencido a astúcia de Satanás, Jesus foi servido pelos anjos. Pois assim está escrito:

“E os anjos do céu vieram e o serviram”.

Mateus 4.1-11
Lucas 4.1-13

Que Deus o ilumine e o ajude a compreender ainda mais sua Palavra.

Divulgue nosso blog Contos e Estudos Bíblicos nas redes sociais.
Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Considere também curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

José Guimarães e Silva

Cuiabá-MT

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

Leave a comment

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE