Por que devemos orar a Deus antes da Cirurgia?

Por que devemos Orar a Deus antes de fazer cirurgia? Orar a Deus tem uma importância muito grande para nós, os que cremos nEle, por que nos sentimos fortalecidos diante das turbulências.

Olá amigos e leitores do blog Contos e Estudos Bíblicos!

Quando eu escrevi, dias atrás, o artigo falando sobre a necessidade de se orar a Deus antes de fazer cirurgia, o fiz pensando nas pessoas que se encontram doentes e se surpreendem com a decisão do médico quando lhes diz: Você precisa fazer cirurgia.

Por que devemos orar antes de fazer cirurgia?

Por que devemos orar a Deus

Com certeza, uma pessoa que se encontra doente jamais gostará de ouvir essa frase do médico, algum dia, no consultório dele.

Daí podemos até desabafar: Que bom seria se todos os que procurassem a ajuda médica saíssem curados do consultório do tal “doutor”! Isso mesmo! Logo após a primeira consulta.

Só que, infelizmente, não é isso o que acontece com as pessoas, sempre. Porque as pessoas vão ao médico quando estão doentes. Pois entendemos assim que raras são as pessoas que entram em consultórios médicos quando estão sadias.

Por que estou afirmando isso? Porque eu mesmo já passei diversas vezes por experiências desse tipo.

Como um exercício mental, eu posso me lembrar muito bem de quando era criança. Naquela época, quando ia ao médico e ouvia ou pressentia a palavra “injeção” vinha aquele arrepio inexplicável. E a cura vinha em seguida.

Daria até para dizer: Eu estou curado, doutor. Eu não tenho nenhuma doença. E, pensando bem, estava curado mesmo.

A injeção era tão ruim, na minha opinião; era igual ou pior que a doença.

Contudo, o tempo de criança passa. Crescemos e ficamos com medo.

Medo de ficar com doença crônica. Medo de pegar infecção. Medo de ir ao médico e ouvir a frase “Você precisa fazer cirurgia”.

Sim! Imagina o que passa pela cabeça de alguém que descobre que está com AIDS!

A primeira manifestação maligna que surge na cabeça dessa pessoa será perguntar a si próprio: “O que vão pensar de mim?” Será que vão pensar que eu sou isto… Ou aquilo!…

Essa dúvida surge em se tratando de homem, claro.

Quanto à mulher, não sei o que pensará.

 

Quem é o inimigo de quem está doente?

Entendemos que o pensamento é, sem sombra de dúvida, o grande inimigo de quem está doente.

Lembrando disso, posso até escrever: “Feliz é o doente que não se deixa torturar com o seu pensamento”.

O que o doente deveria fazer, então?

Deveria parar de pensar na doença e pensar em Deus.

Isto é, confiar em Deus.

Confiar também nos médicos e em si mesmo.

É aí que entra a necessidade de orar a Deus antes de fazer cirurgia.

Orar a Deus com mais intensidade do que orava antes.

Conversar com Deus.

Pois tais orações ajudarão a pessoa a ter mais firmeza no tratamento.

Com isso ela deixará de pensar continuamente que sua doença não terminará nunca.

Comente com Facebook

Comentários com Facebook

José Guimarães e Silva

José Guimarães e Silva é autor dos livros: Poesias Evangélicas, Orações ao Senhor Deus e Palavras que Transformam.

O Senhor é o meu Pastor, nada me faltará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *