Categoria: Jesus Cristo

2 comentários

Estudo Bíblico Online – Apocalipse: Promessas de Jesus ao que vencer

Olá! O blog Contos e Estudos Bíblicos publica neste artigo algumas Promessas de Jesus ao que Vencer. Você encontra essas promessas no último livro da Bíblia, Apocalipse.

Promessas de Jesus ao que vencer

1. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas.  Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus.

Apocalipse 2.7

Árvore de vida

O que é a árvore da vida?

É a árvore que fica no meio do jardim do Éden, conforme descrito no primeiro livro da Bíblia, livro de Gênesis:

“E o Senhor fez brotar da terra toda espécie de árvores agradáveis à vista e boas para comida, bem como a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.”

Gênesis 2.9

2. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Mateus 11.15

3. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas. O que vencer, de modo algum sofrerá o dano da segunda morte.

Apocalipse 2.11

estudo biblico online apocalipse promessas de jesus

Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição. Sobre estes não tem poder a segunda morte, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com Ele durante mil anos.”

Apocalipse 20.6

4. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas. Ao que vencer darei do maná escondido, e lhe darei uma pedra branca, e na pedra um nome escrito, o qual ninguém conhece, senão aquele que o recebe.

Apocalipse 2.17

“Então disse o Senhor a Moisés: Eu vos farei chover o pão dos céus. O povo sairá, e colherá diariamente a porção de cada dia, para que eu o prove se anda em minha lei ou não.”

Êxodo 16.4

5. Ao que vencer, e guardar até o fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com vara de ferro as regerá, quebrando-as como são quebrados os vasos de oleiro; assim como também recebi autoridade de meu Pai.

Também lhe darei a estrela da manhã.

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas.

Apocalipse 2.25-29

6. O que vencer será vestido de vestes brancas. De maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida, mas confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.

Apocalipse 3.5

“Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai que está nos Céus.

Mas todo aquele que me negar diante dos homens, eu o negarei diante de meu Pai que está nos Céus.”

Mateus 10.32,33

7. A quem vencer eu o farei coluna no templo do meu Deus, de onde jamais sairá. Escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a Nova Jerusalém, que desce do Céu, da parte do meu Deus, e também o meu novo nome.

Apocalipse 3.12,13

8. Ao que vencer, dar-lhe-ei assentar-se comigo no meu trono, assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no meu trono.

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas.

Apocalipse 3.21,22

Vencer significa temer ao Senhor Deus.

Temer ao Senhor Deus significa seguir os seus mandamentos, não se desviando nunca nem para a esquerda, nem para a direita. Ainda que você passe por dificuldades, provações, dores nesta vida, não deve desistir nunca de seguir ao Senhor Deus.

O blog Contos e Estudos Bíblicos precisa sempre de você, para existir. Portanto, tome a decisão de divulgar os artigos de nosso blog Contos e Estudos Bíblicos nas redes sociais. Para isso, copie links dos artigos que mais gosta e cole nas suas mensagens do Facebook, Twitter e outras.

Desde já, muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Pode até ser que você ainda não fez isso. Porém, nesse caso, considere curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook. Faça isso com o intuito de divulgar os artigos do blog Contos Bíblicos ainda mais, aos seus amigos e seguidores das redes sociais.

0 comentários

Estudos da Bíblia: Jesus ora pelos seus discípulos antes de ser preso

A Bíblia diz que antes de ser preso Jesus ora pelos seus discípulos. Ele pede a Deus proteção aos seus discípulos, que ficarão no mundo, mas longe dos pecados do mundo.

Jesus ora pelos discípulos

Vimos no artigo que Jesus ora por si mesmo. Neste capítulo, veremos que Jesus ora também pelos seus discípulos.

6. “Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus e os destes a mim, e eles guardaram a tua palavra.”

7. “Agora sabem que tudo o que me deste provém de ti.”

8. “Pois lhes dei as palavras que tu me deste, e eles a receberam. Verdadeiramente conheceram que saí de Ti, e creram que me enviaste.”

9. Eu rogo por eles. Não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, pois são teus.”

10. “Tudo o que tenho é teu, e tudo o que tens é meu. E neles sou glorificado.”

11. “Já não permanecerei no mundo por muito tempo, mas eles estão no mundo, e eu vou para junto de Ti. Pai santo, guarda-me em teu nome, o nome que me deste, para que sejam um, assim como nós.”

12. “Estando eu com eles no mundo, guardei-os no nome que me deste. Nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura.”

13. “Agora vou para junto de Ti, e isto digo enquanto estou no mundo, para que tenham em si a medida completa da minha alegria.”

14. “Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, pois não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.”

15. “Não peço que os tires do mundo, mas que os guardes do mal.”

16. “Eles não são do mundo, como eu do mundo não sou.”

17. “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.”

18. “Assim como Tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.”

19. ”Por eles me santifico a mim mesmo, para que eles também sejam santificados na verdade.”

20. “Eu não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim.”

21. “Para que todos sejam um, como Tu, ó Pai, o és em mim, e eu em Ti. Que eles também sejam um em nós, para que o mundo creia que Tu me enviaste.”

22. “Eu lhes dei a glória que Tu me deste, para que sejam um, como nós somos um.”

23. “Eu neles, e Tu em mim, para que sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que Tu me enviaste, e que os amaste como também amaste a mim.”

estudos da bíblia - Jesus ora pelos discípulos
imagem meramente ilustrativa

24. “Pai, quero que onde eu estiver, estejam também comigo aqueles que me deste, para que vejam a minha glória, a glória que me deste, porque me amaste antes da criação do mundo.”

25. “Pelo justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e eles conheceram que Tu me enviaste.”

26. “Eu lhes dei a conhecer o teu nome, e continuarei a dar-lhes a conhecer o teu nome, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja.”

João 17.6-26

 

Jesus faz essa oração momentos antes de seu preso. Ele sabia que seria preso em breve, porque foi enviado pelo Pai celestial ao mundo para que se cumprisse a Escritura, assim como escreveram os profetas, séculos antes.

 

Você ora pelos seus amigos? Segue o exemplo de Jesus? Escreva sua opinião no comentários.

 

Por favor, #Compartilhe:

O blog Contos e Estudos Bíblicos precisa sempre de você, para existir. Portanto, tome a decisão de divulgar os artigos de nosso blog Contos e Estudos Bíblicos nas redes sociais. Para isso, copie links dos artigos que mais gosta e cole nas suas mensagens do Facebook, Twitter e outras.

Desde já, muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Pode até ser que você ainda não fez isso. Porém, nesse caso, considere curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook. Faça isso com o intuito de divulgar os artigos do blog Contos Bíblicos ainda mais, aos seus amigos e seguidores das redes sociais.

2 comentários

Jesus diz aos apóstolos: Eu sou a videira verdadeira e o meu Pai é o agricultor

Jesus diz aos apóstolos que Ele é a videira verdadeira e o Pai dEle é o agricultor. Portanto, Jesus é a planta e Deus é o cuidador da planta. Jesus usa essa maneira figurada de ensinar por ser mais fácil de ser entendida pelas pessoas.

O que é a videira?

Videira, caso você esteja em dúvida, é a planta que fornece aos agricultores as uvas. Elas têm folhas lobadas, ovadas e tomentosas. A planta requer constantes cuidados, talvez por isso Jesus tenha usado a videira para ilustrar essa lição bíblica. A videira é cultivada no mundo inteiro (Dicionário Aurélio).

O que a Bíblia diz? 

A Bíblia diz no livro de João que Jesus contou certa vez aos seus apóstolos que Ele é a videira e o Pai dele é o agricultor. Ora, a Bíblia diz também que o Pai de Jesus é o Senhor Deus. Logo, devemos entender que Deus é o agricultor. Ou seja, o plantador da videira, que é Jesus.

Leremos agora as palavras ditas pelo Senhor Jesus, que encontramos no quarto livro do evangelho, de nome João. Nossa leitura estará focada apenas no capítulo de número quinze.

A videira e os ramos

Jesus diz:

1. Eu sou a videira, e meu Pai é o agricultor.

2. Todo ramo em mim que não dá fruto Ele o corta, e todo ramo que produz fruto Ele o poda, para que produza mais fruto ainda.

3. Vós já estais limpos por causa da palavra que vos tenho falado.

4. Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. O ramo de si mesmo não pode produzir fruto, se não permanecerdes em mim.

Eu sou a videira verdadeira

Jesus Cristo: Eu sou a videira verdadeira, meu pai é o agricultor
Imagem meramente ilustrativa (não é a imagem de uma videira)

5. Eu sou a videira, vós sois os ramos. Se alguém permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; sem mim nada podeis fazer.

6. Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, como o ramo, e secará; tais ramos são apanhados, lançados no fogo e se queimam.

7. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.

8. Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto, e assim vos tornareis meus discípulos.

9. Como o Pai me amou, também eu vos amei. Permanecei no meu amor.

10. Se guardardes os meus mandamentos, permaneceis no meu amor, assim como eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.

11. Tenho-vos dito isto para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa.

12. O meu mandamento é este: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.

13. Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a própria vida pelos seus amigos.

14. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.

15. Já não vos chamo de servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor. Antes, tenho-vos chamado amigos, pois tudo o que ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.

16. Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi, e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo o que em meu nome pedirdes ao Pai Ele vos conceda.

17. Isto vos ordeno: Amai-vos uns aos outros.

18. Se o mundo vos odeia; sabei que, primeiro do que a vós; me odiou a mim.

19. Se fosseis do mundo, o mundo amaria o que era seu. Mas como não sois do mundo, antes, dele vos escolhi, é por isso que o mundo vos odeia.

20. Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se eles me perseguiram, também vos perseguirão. Se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa.

21. Mas tudo isto vos farão por causa do meu nome, pois não conhecem aquele que me enviou.

22. Se eu não tivesse vindo, bem lhes tivesse falado, não teriam pecado. Agora, porém, não têm desculpa do seu pecado.

23. Aquele que me odeia, odeia também a meu Pai.

24. Se eu não tivesse feito entre eles o que nenhum outro fez, não teriam pecado. Mas agora viram, e odiaram a mim e a meu Pai.

25. Mas é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Odiaram-me sem motivo.

26. Quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos enviarei, o Espírito da verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim.

27. E vós também testificareis, pois estais comigo desde o princípio.

João 15.1-27

Jesus disse essas palavras aos seus apóstolos, alguns dias antes de ser preso. Ele sabia que sua prisão estava próxima. Sabia também que essa prisão seria o seu fim. Pois esse acontecimento já estava previsto desde quando ele veio à Terra.

Os profetas já haviam escrito séculos antes que viria um homem, Filho de Deus, e seria levado como um cordeiro para o matadouro. Essa passagem se encontra no livro de Isaías, capítulo 53. O livro de Isaías se encontra na Bíblia, no Velho Testamento.

Devemos entender nas palavras de Jesus que Ele segue os mandamentos do Pai dEle. Ou seja, Jesus segue os Mandamentos da Lei de Deus. E diz para os que são (ou querem) ser amigos dEle seguirem esse mandamento também.

Claro, Jesus pede que amemos uns aos outros. Pois, se acontecesse isso no mundo o tempo todo haveria respeito entre as pessoas. Com isso não haveria corrupção, traição, violência e todos os males que tanto prejudicam os filhos de Deus.

Note que deixamos algumas frases em negrito. Fizemos isso porque vamos estudá-las mais tarde, em próximos posts do blog Contos e Estudos Bíblicos.

Leia mais artigos contando a História de Jesus Cristo, aqui no nosso blog Contos e Estudos Bíblicos.

O blog Contos e Estudos Bíblicos precisa sempre de você, para existir. Portanto, tome a decisão de divulgar os artigos de nosso blog Contos e Estudos Bíblicos nas redes sociais. Para isso, copie links dos artigos que mais gosta e cole nas suas mensagens do Facebook, Twitter e outras.

Receba posts do blog Contos e Estudos Bíblicos por Email.

Curta a Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

Siga o blog Contos e Estudos Bíblicos no Twitter.

0 comentários

Jesus conversa com seus apóstolos, momentos antes de ser preso

O quarto evangelho da Bíblia, o livro que conhecemos por João, do livro santo, nos traz as palavras ditas pelo Senhor Jesus aos seus apóstolos, momentos antes de ser preso e ser entregue aos que fariam dEle um sofredor, como nenhum homem havia ainda sofrido.

Jesus ora por Ele mesmo

O capítulo 17 do livro de João traz um subtítulo dizendo que Jesus ora por si mesmo. Esse fato nos mostra que devemos orar por nós mesmos. Isto é, conversar com Deus. Dizer a Ele aquilo que nos atormenta, mas também confessar aquilo que nos alegra. Saiba sempre que Deus é maior do que os seus problemas.

Deus é maior que seus problemas

Cultive o hábito de dizer aos seus problemas que você tem Deus, em vez de dizer a Deus que você tem problemas. Pois seus problemas jamais serão maiores que o seu Deus.

Mas o mesmo capítulo 17 do livro de João traz o subtítulo Jesus ora pelos discípulos. Isto é, Jesus ora pelos que O seguem. Jesus ora pelos amigos dEle, conforme cita no versículo (João 15.15).

Jesus Cristo conversa com seus discípulos antes de ser preso

 

Jesus aguarda a hora de ser preso

Essa passagem bíblica acontece no dia em que os discípulos dizem a Jesus:

– Agora falas abertamente, e não usas nenhuma figura.

Agora percebemos que sabes tudo, e não é preciso que alguém te interrogue. Por isso cremos que vieste de Deus.

Jesus, então, lhes pergunta:

– Credes agora?

Jesus faz a pergunta “Credes agora?” porque seus discípulos ainda estavam com dúvida. Isto é, apesar de ouvir Jesus durante o tempo todo, de presenciar milagres que só o Filho do Todo-Poderoso poderia realizar, os apóstolos ainda duvidavam de que Jesus era Filho de Deus.

Mas essa dúvida é de muita gente

Infelizmente, a dúvida que os apóstolos tinham naquela época continua hoje na cabeça de muitas pessoas. Pois, para muitos é realmente difícil crer que Jesus seja realmente Filho de Deus. Mais ainda, que Jesus veio ao mundo, sofreu pela humanidade, morreu pregado na cruz e ressuscitou no terceiro dia.

Mas, por que é difícil para muitas pessoas acreditar em Jesus?

Talvez pelo fato de necessitarem presenciar um acontecimento para provar que seja verdadeiro. Do mesmo modo que o apóstolo de Jesus de nome Tomé. Ele só acreditou que Jesus ressuscitou quando teve permissão do Mestre para enfiar o dedo no buraco deixado pelo prego, na mão dEle.

Entendemos que seja absurdo esse comportamento do apóstolo Tomé. Porém, hoje, muitas vezes nos comportamos do mesmo modo, em inúmeras situações do nosso dia a dia.

Tomé sabia que Jesus fora pregado na cruz. Sabia disso porque decerto ele presenciara. Mas não sabia que Jesus havia ressuscitado. Não sabia porque não tinha visto o Mestre, assim como os outros apóstolos O viram. E quando seus amigos lhe contaram, em vez de acreditar sem ver, ele duvidou (João 20.27).

Onde aprendemos essas lições

Hoje, onde tomamos conhecimento de todas essas lições? Na Bíblia Sagrada! A Bíblia é o livro santo escrito por vários profetas escolhidos por Deus, para mostrar aos homens ontem, hoje e sempre tudo o que Deus determina que eles façam. A Bíblia é sagrada porque traz a Palavra de Deus. Os mandamentos da lei de Deus e os ensinamentos de seu Filho unigênito Jesus Cristo.

Jesus decide ficar sem a presença dos apóstolos

Voltando ao estudo do livro de João, lemos as palavras que Jesus disse aos apóstolos:

– Mas vem a hora, e já chegou, em que sereis dispersos cada um para sua casa. Vós me deixareis só. Mas não estou só, pois o Pai está comigo.

Disse-vos essas coisas para que em mim tenhas paz. No mundo tereis aflições. Mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo.

Jesus se volta para Deus

Então, Ele levantou os olhos para o céu, e disse:

– Pai, é chegada a hora. Glorifica o teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a Ti.

Pois lhe deste autoridade (Jesus explica que Deus deu autoridade a Ele) sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos os que lhe deste.

Ora, a vida eterna é esta: que conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

Eu te glorifiquei na terra, concluindo a obra que me deste para fazer.

E agora, Pai, glorifica-me em Tua presença com a glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.

João 16.31-33 e 17.1-5 

 

Em tempo:

Notemos que Jesus diz com a glória que tinha contigo antes que o mundo existisse. Essa declaração nos esclarece uma dúvida que paira na nossa cabeça: Jesus já estava com Deus antes da criação do mundo.

Portanto, entendemos que Deus enviou seu Filho unigênito Jesus Cristo para nascer no mundo em que vivemos, feito um homem, assim como todas as crianças da terra nascem. Afinal, nós sabemos que todas as crianças nascem de uma mulher, que se torna a mãe deles.

Jesus também nasceu de uma mulher, Maria, esposa de José. Mas foi gerado pelo Espírito Santo e não por José.

Obs.: Ainda não encontramos, na Bíblia, a hora exata em que se deu esse encontro entre Jesus e seus apóstolos. Mas estamos procurando e quando descobrirmos escreveremos aqui. Caso você saiba, por favor, ajude-nos! Escreva nos comentários ou em nosso formulário de contato. Muito obrigado!

Considere ler mais histórias bíblicas sobre a vida de Jesus Cristo, publicadas no blog Contos e Estudos Bíblicos.

Parece complicada essa história? Difícil de entender? Não se preocupe, pois falaremos muito ainda sobre ela, aqui no nosso querido blog Contos e Estudos Bíblicos.

O blog Contos e Estudos Bíblicos precisa sempre de você, para existir. Portanto, tome a decisão de divulgar os artigos de nosso blog Contos e Estudos Bíblicos nas redes sociais. Para isso, copie links dos artigos que mais gosta e cole nas suas mensagens do Facebook, Twitter e outras.

Desde já, muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Pode até ser que você ainda não fez isso. Porém, nesse caso, considere curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook. Faça isso com o intuito de divulgar os artigos do blog Contos Bíblicos ainda mais, aos seus amigos e seguidores das redes sociais.

2 comentários

História bíblica em que Jesus cura um homem com lepra

Publicamos nesse artigo do blog Contos e Estudos Bíblicos a história bíblica em que Jesus cura um homem com lepra. Esse relato bíblico se encontra nos livros de Mateus, Marcos e Lucas.

A lepra entre os povos antigos

Sabemos que a lepra, durante muito tempo da existência da humanidade, foi considerada uma doença terrível, porque as pessoas achavam que era uma doença muito contagiosa. Não havia estudos sobre a doença, por isso o mito era muito comum entre as pessoas e o preconceito reinava no meio delas. Com isso, os doentes sofriam muito.

As pessoas com lepra eram isoladas do convívio social. Como não havia hospital para abrigá-las nem remédio para curá-las, eram enviadas para lugares distantes. Lá, eram condenadas à morte. Isto é, viviam com a doença a lhes consumir as extremidades do corpo até que morressem.

Um breve histórico sobre a lepra

Ainda hoje muitas pessoas têm medo terrível da lepra. Acham que só de se aproximar de uma pessoa doente já pegarão a doença.

Esse comportamento estranho acontece nos dias de hoje por falta de informação. Porque estudos científicos constatam que só 5% da população tem propensão de pegar a doença.

Portanto, as pessoas deveriam ficar despreocupadas quanto à contaminação.

É claro que o ideal seria se houvesse uma maneira de saber se determinada pessoa é propensa a pegar a doença ou não. Porém, não existe. Assim, convivemos com o medo da doença, assim como temos medo de outras doenças. Pois os médicos diagnosticam a lepra depois que o doente que os procuram apresentam manchas no corpo ou outros sintomas característicos que indicam a enfermidade.

A lepra é uma doença contagiosa, transmitida de uma pessoa doente que não esteja em tratamento para outra. Os sintomas, depois que a pessoa for contaminada, demoram de dois a cinco anos para aparecerem. O doente apresenta sintomas dermatológicos e neurológicos. Essas características facilitam o diagnóstico.

O portador da doença é comumente chamado de leproso, lazarento, hanseniano, lazarado e outros nomes menos usados. O tratamento é feito pelas unidades de saúde como o SUS (Sistema Único de Saúdo). Há um local nas cidades específico para atender pessoas com suspeitas de lepra para avaliação, diagnóstico e tratamento.

Os remédios são gratuitos ao paciente. Compõem-se atualmente de três antibióticos: Rifampicinia, Clofazimina e Dapsona. As pessoas doentes não devem nunca abandonar o tratamento, ainda que os sintomas tenham desaparecidos. Devem sempre retornar ao local indicado para avaliação médica e para receberem alta.

Por que escrevo esses parágrafos:

Escrevo esses parágrafos sobre a hanseníase porque dia destes um médico especialista em hanseníase me disse que:

• Para pegar lepra uma pessoa precisa conviver com o doente de cinco a dez anos.

• Ou seja, não se pega a doença com um simples olhar, um aperto de mão. Ou por sentar-se ao lado do doente num ônibus, trem, metrô, carros de passeio e outros.

Quem viu o filme Ben-Hur deve se lembrar de que a mãe e a irmã do personagem estava condenada a morrer num lugar tristonho e solitário, distante das cidades. Tudo porque tinham medo de pegar a doença. (Escrevo esse fato por me lembrar do filme, que vi na adolescência. Talvez, novas versões desse filme mostrem histórias diferentes.)

O filme Ben-Hur foi estrelado pelo ator norte-americano Charlton Heston. O nome do personagem era Judah Bem-Hur. Teve 12 indicaçoes ao Oscars, no ano 1960, e ganhou 11 estatuetas. Um dos recordistas de prêmios da Academia, empatado com Titanic. (Fonte: Wikipédia)

A Fantástica Descoberta de Hansen

No ano de 1874 o médico norueguês Gerhard Armauer Hansen, após longos anos de estudos, descreveu a doença. A lepra ganhou então o nome de Hanseníase, em homenagem ao Dr. Gerhard Amauer Hansen.

O conceituado médico descobriu que a moléstia é causada por uma bactéria em forma de bastão, Mycobacterium lepra, similar ao bacilo responsável pela tuberculose. Descobriu também que a transmissão de dá por contágio direto, isto é, de uma pessoa para outra. Sendo que o convívio deve ser prolongado. Também, em ambientes de condições precárias de higiene; ou indireto, através da roupa.

Depois desse giro rápido sobre a doença, vamos, enfim, ao texto bíblico falar sobre a cura do leproso.

Nesse dia, Jesus falava à população, como sempre fazia, sobre a palavra de Deus. Ele subiu num monte para que todas as pessoas o vissem.

Quando terminou a pregação, desceu do monte e começou a andar.

Seguindo os passos dEle, do modo que acontecia com muita frequência, as pessoas caminhavam na mesma direção do Mestre.

Nisso um homem doente de lepra conseguiu passar pela população e se aproximar de Jesus.

O homem disse palavras calorosas de adoração ao Mestre. E, com muita fé para ser curado, lhe disse com firmeza:

– Senhor, se quiseres, pode tornar-me limpo.

Isto é, limpo da doença, curado, sem mais nada que consumisse seu corpo.

Jesus olhou para ele e calmamente estendeu a mão e pegou a mão do leproso dizendo:

– Quero, sê limpo!

Bastou o Mestre falar essa frase. Nada mais. No mesmo instante a lepra desapareceu por completo do corpo do homem. E ele ficou totalmente curado. Sem necessidade de remédio, nada.

Jesus lhe disse:

– Olha, não o digas a ninguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote e apresenta a oferta que Moisés ordenou, para lhes servir de testemunho.

Jesus pede ao homem que se apresente ao sacerdote porque este tinha a incumbência de analisar o doente, reconhecer que ele estava curado e permitir o livre convívio dele com as pessoas da sociedade.

Mateus 8.1-4

Lucas 6.12-14

Marcos 1.40-45

 Você conhece alguém que tem ou que teve lepra? A pessoa se tratou corretamente? Escreva sua opinião nos comentários.

Divulgue nosso blog Contos e Estudos Bíblicos nas redes sociais.
Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Considere também curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

0 comentários

Estudos Bíblicos – O Jugo de Jesus é Leve e Suave

A Bíblia diz que o Jugo de Jesus é leve e suave. Ou seja, você não precisa fazer sacrifícios para seguir o caminho ensinado por Jesus. Basta que decida seguir o Mestre. E Ele se encarrega de te proteger.

Palavras de Jesus

Disse Jesus, no livro do evangelho, Mateus:

“Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.

Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas.

Jugo suave e fardo leve

Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve (Mateus 11.28-30).”

“E também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

Eu te darei as chaves do reino dos céus; tudo o que ligardes na terra, será ligado nos céus e tudo o que desligardes na terra, será desligado nos céus (Mateus 16.18,19).”

Seguir Jesus

“Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.
Pois aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas quem perder a sua vida por mim, achá-la-á (Mateus 16.24,25).”

A porta das ovelhas

“Portanto, tornou Jesus a dizer: Em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas.

Todos os que vieram antes de mim são ladroes e assaltantes, mas as ovelhas não os ouviram.

Eu sou a porta. Todo aquele que entrar por mim, salvar-se-á. Entrará e sairá, e achará pastagens.

O ladrão só vem para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

o jugo de jesus é leve e suave

O bom pastor

Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas (João 10.7-11).”

“Então dirá o Rei aos que estiverem a sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.

Pois tive fome, e me desses de comer, tive sede e me destes de beber; era forasteiro e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; estive enfermo, e me visitastes; preso e fostes ver-me (Mateus 25.34-36).”

Jesus e os discípulos

“Então Ele tomou o cálice, e, tendo dado graças, deu-o aos discípulos, dizendo: Bebei dele todos.

Isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.

E digo-vos que, desta hora em diante, não beberei deste fruto da vida, até aquele dia em que o beba de novo convosco no reino de meu Pai (Mateus 26.27-29).”

Por favor, ajude a divulgar conteúdo do nosso blog Contos e Estudos Bíblicos.

Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Considere curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.