Tag: Curiosidades Bíblicas

4 comentários

Estudos Bíblicos: Deus é Onipotente, Onisciente e Onipresente

Deus é onipotente, onisciente e onipresente. Publicamos neste artigo Estudos Bíblicos sobre a Palavra de Deus, Pai Celestial, Senhor do Universo.

Quando ouvimos alguém dizer que Deus é onipotente, entendemos que essa pessoa está a nos dizer que Deus tem poder para tudo.

Onipotente

Vejamos o que o Dicionário Aurélio diz sobre o vernáculo:

Onipotente – (A palavra vem do latim omnipotente) – É adjetivo de dois gêneros.

1. Que pode tudo, que tem poder absoluto; todo-poderoso.

2. Deus.

Notemos que o autor do dicionário definiu a palavra onipotente como sendo o próprio Deus.

Assim, Deus é Onipotente. Esse fato nos diz que Deus tem poder absoluto sobre todos os seres, sobre tudo o que há no Universo.

Deus pode tudo. Ele tem poder para fazer tudo o que quer. Ele pode mudar sua vida. Ele pode transformar seu corpo. Deus pode fazer de você uma pessoa diferente da que é agora.

Só que, para fazer tudo isso, ele impõe uma condição: Obedecer aos mandamentos da lei de Deus.

Encontramos os Dez Mandamentos no livro de Êxodo, que se encontra na Bíblia Sagrada, Antigo Testamento:

Os dez mandamentos

“Então falou Deus todas estas palavras:

Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.

Não terás outros deuses diante de mim.

Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

Não te encurvarás a elas nem a servirás; pois eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam, mas faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos.

Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão, pois o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

Lembra-te do dia de sábado, para o santificar

Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra, mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Não farás nenhum trabalho, nem tu nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu escravo, nem a tua escrava, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas (Êxodo 20.1-10).”

Os versículos do capítulo 20 continuam até o de número 26. Leia-os na Bíblia.
Antes disso, o Pai Celestial já havia dito a seu servo Moisés estas palavras, conforme lemos no livro de Êxodo:

“E disse: Se ouvires atento a voz do SENHOR teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque eu sou o SENHOR que te sara” (Êxodo 15.26).

Deus disse essas palavras para seu servo Moisés. Porém, entendemos hoje que ele se dirigiu por meio de Moisés a todos os que decidem seguir os preceitos dados por Ele.

Deus é Onipotente, Onisciente e Onipresente

Onisciente

Encontramos no Dicionário Aurélio as seguintes definições:

Onisciente – Adjetivo de dois gêneros

1. Que sabe tudo; onissapiente (Forma paralela de omnisciente).

Conforme lemos no dicionário, Deus sabe tudo o que se passa em todos os lugares ao mesmo tempo.

Ele vê tudo o que acontece.

“Nenhuma folha cai das árvores sem que o Senhor Deus permita.”

Deus ouve. Tanto que no livro de Gênesis encontramos uma referencia de que Ele ouvia o clamor do povo:

“Disse mais o Senhor: O clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado tanto, e o seu pecado se tem agravado de tal maneira que descerei, e verei se de fato o que têm praticado corresponde a esse clamor que é vindo até mim. Se não, sabê-lo-ei (Gênesis 18.20,21).”

Onipresente

Encontramos estas definições no Dicionário Aurélio para a palavra:

Onipresente – Adjetivo de dois gêneros

1. Ubíquo (Forma paralela de omnipresente).

Ubíquo significa: Que está ao mesmo tempo em toda a parte; onipresente.

Deus é ubíquo, pois está sempre presente em todos os lugares, por mais distantes que possamos imaginar.

Para muitas pessoas esse fato é, sem sobra de dúvida, difícil de entender. Porque elas se prendem ao fato de Deus ser um ser que precisa se locomover para estar num lugar e noutro.

Entretanto, Deus não precisa caminhar, assim como nós caminhamos, para estar num lugar em determinado momento.

Deus é espírito. E, assim sendo, pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo.

Eu creio que Deus está aqui perto de mim, neste momento, enquanto digito este texto. Você deve crer que Deus está perto de você, no momento em que lê este texto. Esses dois atos acontecem em momentos diferentes.

No entanto, a fé que existe entre nós é sempre presente. Você crê. Eu creio. Cremos, então, que Deus está perto de nós, sem importar o lugar em que estivermos.

Contudo, Deus precisa de nossa permissão para entrar em nossa vida. Ele precisa que autorizemos a entrada dele em nosso lar.

Jesus disse aos seus apóstolos: “Quem me recebe, recebe aquele que me enviou”.

Ou seja, precisamos receber Jesus, Filho unigênito de Deus. Pois assim, seremos recebidos pelo Pai Celestial, que é Deus.

Espero neste artigo esclarecer a você um pouquinho mais sobre o que é ser Onipotente, Onisciente e Onipresente.

O que você achou desse estudo? Já conhecia o significado dessas três palavras? Escreva sua opinião nos comentários.

#Compartilhe artigos do blog Contos e Estudos Bíblicos. Mostre-os aos seus amigos das redes sociais. Permita que a Palavra de Deus seja levada aos seus amigos e conhecidos.

Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Considere curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

5 comentários

Estudos Bíblicos – Cidade de Jericó – Palestina

Estudos bíblicos sobre a cidade de Jericó, que aparece na Bíblia Sagrada em várias passagens da vida de Jesus.

Jericó é uma cidade da Cisjordânia. Fica perto de Jerusalém, Capital administrativa do Estado de Israel. Localiza-se na borda setentrional do mar Morto.

Do ano de 1967 até 1994, Jericó foi totalmente ocupada por Israel. Período em que subordinou-se ao governo da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

cidade-jerico-estudos-biblicos
Jerico Farm, Kinoulton

A cidade é um centro turístico muito frequentado pelos árabes de Jerusalém.

Na região em volta de Jericó se cultivam diversas frutas. Dentre elas destacamos: bananas, figos e laranjas.

A cidade de Jericó de hoje se localiza perto de onde ficara a antiga cidade de Jericó, que aparece em diversos livros da Bíblia.

Na região em volta da cidade existem ruínas de grande valor arqueológico, alvo de pesquisas de renomados arqueologistas.

Há uma muralha muito sinuosa, remanescente de uma cultura do período mesolítico. Esse fato é provável que tenha acontecido por volta de 9.000 a.C.

Jericó é citado nos anais de histórias como sendo a cidade onde houve o famoso massacre entre hebreus e cananeus. Embora esse fato ainda não seja comprovado cientificamente.

É também na cidade de Jericó que morreu o Rei Herodes, que se destaca nas histórias bíblicas por ser ferrenho perseguidor de Jesus Cristo.

Após a morte do Rei Herodes, a cidade foi destruída por escravos rebeldes. E, mais tarde, foi reconstruída em um lugar próximo de onde a cidade ficava realmente.

Jericó teve importante papel na vida de Jesus Cristo, conforme podemos encontrar relatos em muitos livros da Bíblia.

Durante a Primeira Guerra Mundial, as forças britânicas conquistaram a cidade moderna. Desde então, ela ficou sob o controle dos árabes. Isso aconteceu conforme os termos estabelecidos no plano das Nações Unidas de 1947, para a divisão da Palestina.

Entretanto, após o confronto entre árabes e israelitas, de 1948 e 1949, a cidade de Jericó foi incorporada pela Jordânia.

Porém, em 1967, Israel conquistou a Cisjordânia, durante a Guerra dos Seis Dias.

Mais tarde, no ano de 1993, houve a assinatura do acordo de paz entre Israel e a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

Assim sendo, em maio de 1994, as tropas israelenses se retiraram de Jericó e a cidade ficou sob o controle da administração palestina.

População

Segundo estimativas, a população de Jericó é de quinze mil habitantes.

Fonte: Enciclopédia Encarta

Muito obrigado por receber postagens do blog:
Contos e Estudos Bíblicos por Email

Considere curtir a:
Página de Fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

1 comentário

Diferenças entre o Rio Tibre e Rio Tigre

Publicamos este artigo no blog Contos e Estudos Bíblicos com o objetivo de mostrar as diferenças entre o Rio Tibre e o Rio Tigre.

A Diferença entre o Rio Tibre e o Rio Tigre

Este artigo servirá de base à postagens futuras. O Rio Tigre aparece com frequência no primeiro livro da Bíblia Sagrada. Ou seja, mais precisamente, no livro de Gênesis.

Muitos alunos do curso médio confundem, quando estudam História Geral, o nome dos rios Tibre e Tigre.

Quando a prova é de múltipla escolha e aparecem alternativas com o nome dos dois rios, então, a situação se complica ainda mais.

Vamos agora estudar a localização de cada um desses rios. Quem sabe isso o ajude a esclarecer alguma dúvida sobre eles.

Rio Tibre

O rio Tibre fica na Itália. Nasce nos Apeninos. Depois corre na direção sul do país. Atravessa a Úmbria. Continua seu percurso até ganhar a direção do Lácio.

A Úmbria (Umbria em italiano) é uma região central com 8456 Km². Sua capital é Perugia ou Perúsia. Faz fronteiras com a Toscana (a oeste), as Marcas (a leste) e com o Lácio (ao sul). É composta das seguintes províncias: Perugia ou Perúsia e Terni.

O nome Lácio se deriva do latim Latium. Em italiano, Lazio. É uma região central da Itália com 17.203 Km². Sua capital é Roma. Ao norte limita-se com a Toscana e Úmbria. A leste com Marche, Abruzzo e Molise. Ao oeste com o Mar Tirreno. E ao sul com a Campânia. Tem cinco milhões de habitantes.

O Rio Tibre segue seu trajeto até desembocar no Mar Tirreno. Esse mar fica perto de Roma, capital da Itália. Só que nessa região ele se divide em dois rios. Isto é, forma um delta que beneficia ainda mais a população ribeirinha.

Então, para facilitar seu aprendizado, lembre-se de que o Rio Tibre é o que passa pela cidade de Roma. Ou seja, pela Itália.

Vamos agora estudar o Rio Tigre.

 

Rio Tigre

O Rio Tigre se localiza no sudoeste da Ásia. Nasce na Turquia e atravessa o Iraque. Segue seu curso até desembocar no Golfo Pérsico.

O Rio Tigre aparece muito na Bíblia e também nos compêndios de História Geral, em parelha com o Rio Eufrates. Falaremos do Rio Eufrates mais tarde, porque o citaremos em vários estudos bíblicos.

O Rio Tigre tem 1.850 quilômetros de extensão. Ele é formado por dois pequenos rios que vêm do planalto da Anatólia.

Esses pequenos rios formam uma confluência em formato de um til (~). E correm os dois juntos na direção sudeste banhando o Iraque.

O Rio Tigre possui vários afluentes. Porém, os principais são: o Pequeno Zab, o Grande Zab, o Diyala e Adhaim.

 

diferenca-entre-rio-tibre-rio-tigre

A Diferença entre o Rio Tibre e o Rio Tigre

 Imagem meramente ilustrativa

Rio Eufrates

O Rio Eufrates se origina na região leste da Turquia. Atravessa a Síria e o Iraque e se une ao Rio Tigre, no Chate Alárabe. E desemboca no Golfo Pérsico.

O Rio Eufrates é o mais longo e também historicamente o mais importante da Ásia Ocidental. Ele resulta da confluência do Kara Su ou Eufrates Ocidental (450 km) e o Murat Su ou Eufrates Oriental (650 km). Isso acontece 10 km rio acima da cidade de Keban no sudeste da Turquia.

Segundo Daoudy e Frenken, o comprimento do Rio Eufrates (contando do Rio Murat até a confluência com o Rio Tigre) é de 3000 km. Sendo que 1230 Km ficam na Turquia, 710 km na Síria e 1060 km no Iraque.

A União do Rio Tigre com o Rio Eufrates

O Rio Tigre se une ao Rio Eufrates e os dois juntos formam o Rio Shatt-al-Arabe. A partir daí, banha as cidades de Diyarbakir, na Turquia; Mossul, Tikrit, Samarra e Bagdá, no Iraque.

Ao longo de quase todo o seu percurso é navegável para certos tipos de embarcações. O que proporciona à população local um excelente meio de transporte de pessoas e cargas. Sem falar nos outros benefícios, tais como a irrigação da terra e a proliferação de peixes, aves e animais ribeirinhos. Afinal, a água é fonte natural de vida. Sem ela nenhum ser vivo consegue sobreviver.

Al-Azirah é a região em que ficava a antiga Mesopotâmia. É hoje a maior parte da região compreendida entre os Rios Tigre e Eufrates.

Encontram-se nas margens do Rio Tigre as ruínas da antiga cidade Nínive; da Selência do Tigre e de Ctesifonte.

No entanto, os homens desviaram suas águas para a depressão de Tharthar, para a construção da Usina de Samarra.

Todavia, explicam que esse desvio preveniu o risco de inundação e elevou o nível da corrente.

Conclusão

Se você tinha dúvida quanto ao nome e localização dos Rios Tibre e Tigre, agora é hora de tirá-las definitivamente da cabeça.

O Rio Tibre é italiano e corre na região central da cidade. Banha Roma e desemboca no Mar Tirreno.

O Rio Tigre é asiático. Banha a Turquia, o Iraque e desemboca no Golfo Pérsico.

É isso.

Contos e Estudos Bíblicos

Receba posts do blog Contos e Estudos Bíblicos em seu e-mail.

Siga o blog Contos e Estudos Bíblicos no Twitter.

Curta a página de fãs do blog Contos e Estudos Bíblicos no Facebook.

José Guimarães e Silva